terça-feira, 24 de abril de 2018

"Skoonkeid" OU Beleza (Filme Indicado pela Africa do Sul)





Assisti meio que sem querer o filme " Skoonkeid ", que veio como subtitulado Beleza, no Brasil, dirigido por Oliver Hermanus.


O filme foi indicado pela África do Sul para concorrer como melhor filme estrangeiro no Oscar 2012, mas, não fora selecionado.


A história começa com um casamento de uma das filhas de François ( Deon Lotz), um coroa forte, calvo, casado com uma mulher meio sem sal, que conhece na festa o filho de um grande amigo seu.




Christian ( Charlie Keegan), é jovem, bonito e mora em Capetown, mas, mesmo assim, o senhor durão parece que ficou meio mexido com a presença do garoto.


No meio das obrigações de homem, François tem um grupo de homens, onde se encontram em um local bem distante e fazem suruba entre si, desafogando seus desejos e libertando a sexualidade tão desejada, mas, não permitida, num país onde negros não são bem vindos em nenhum lugar.


François que não aguenta a vida na cama com sua esposa, vai à Capetown justamente atrás de Christian e combina com seu amigo que iria dar uma passadinha em sua casa.


Ele é convidado para jantar e depois assistir a um jogo de rúgbi com o pessoal. Sempre de olho em Christian, que o chama de tio, fica desolado, louco, quando descobre que o rapaz iria passar o final de semana em uma praia, saindo ali da casa, longe de seus olhos.




Pega sua mala e vai embora num segundo , não dando muitas satisfações, mas, antes disso pega o número do celular do menino com o pai.


Chegando na cidade praiana, vê Christian com uma garota e faz de tudo para que algo aconteça e o rapaz fica sozinho.




Vai à uma boate gay à noite, bebe que nem um doido, mesmo sendo contra indicado pelo médico, passa mal e aí liga para o rapaz pedindo ajuda.




O filme realmente vai se revelar nesse momento. Chocante ! Cenas fortes .


Confesso que durante o filme todo fiquei meio incomodado com o silêncio, com o olhar de François, que me deixava angustiado.


Assim, o silêncio para mim, foi a melhor arma do diretor no filme . Perfeito !




O final também foi bem construído e feito.


Bom filme !


Valeu a pena !


Eu recomendo !

domingo, 22 de abril de 2018

"Lendas" OU Milionário e Marciano no Theatro Pedro II


Era um show bastante esperado por nós, por se tratar do universo sertanejo num dia tão especial quanto o sábado , num teatro de ópera.


E foi tudo muito bom! Desde o início, com um cenário bem bonito , com a simpatia da dupla em nos receber para umas fotos antes de começar o show, enfim, tudo muito legal .


Tinha um bom público em todos os setores do teatro , e gente que conhecia todas as músicas cantadas pela dupla, o que é o mais gostoso de tudo , a gente ver esse amor que o fã tem pelo seu artista e como essas músicas fizeram parte da história de muita gente ali presente.


A simpatia e o carisma de Marciano deu o fio da meada, com brincadeiras, piadas, causos e histórias, o nome das músicas cantadas, enfim, tudo em cima .


No repertório : Ainda Ontem Chorei de Saudade, Aline, Paredes Azuis, Solidão, Fio de Cabelo ,Boate Azul, Sonhei com Você, Bailarina, Estrada da Vida, Seu Amor Ainda É Tudo  e muitas outras ...




A dupla interagindo na música final do show...


Com certeza absoluta, o público saiu do teatro muito satisfeito em ter assistido a um grande show.


Valeu muito a pena !


Eu recomendo !

quinta-feira, 19 de abril de 2018

"Fala Sério, Mãe!" OU Do Nascimento à Vida Adulta






Assisti ao filme Teen, "Fala Sério, Mãe", baseado no livro de Thalita Rebouças de mesmo nome e dirigido por Pedro Vasconcellos .




O filme, tem a mãe Ângela Cristina ( Ingrid Guimarães) como personagem principal, e que desde a gravidez e nascimento da filha fala demais ...




Ângela é casada ( Marcelo Lahan) e têm Maria de Lourdes ( Larissa Manoela), e o filme mostra o seguimento, crescimento e desenvolvimento da bebê , primeiros passos, comidinhas, enfim , tudo o que toda mãe já sabe até a entrada da menina na escola, seus amigos, o mico de que eles têm quando a mãe vai busca-los e leva-los ....


A primeira festinha do pijama, a primeira excursão, o primeiro beijo , as chatices dos adolescentes ....




O seguimento vai, com a fase da adolescência, o namoro, a independência, a separação dos pais, o outro namorado da mãe, sexualidade , formatura ...




Chega finalmente à saída de casa, com um início de uma carreira e profissão.






Alguns personagens  com passagens rápidas como de Paulo Gustavo e  Cristina Pereira , e uma trilha sonora gostosa.




E assim , é mais um filme que todos nós já sabemos o formato .


Vale para os próprios tens e aos pais que passam por tudo isso .



"Morte EM Buenos Aires" OU Mais Um Ótimo Filme Argentino






Gostei desse filme policial argentino, "Morte em Buenos Aires" da diretora Natalia Meta, que tem como pano de fundo, a capital portenha  nos anos 80.


O filme quer desvendar um assassinato de um rico homem gay em seu apartamento.




Como investigador responsável, o veterano Chefe e inspetor Chavez ( Demian Bichir) que encontra na boca da cena um jovem e iniciante policial Ganso ( Chino Darín), que disse ter sido chamado primeiramente para verificação do crime.




O filme nos leva à boates Gays e locais bem noturnos para que agora os dois policiais encontrem o assassino .


Ganso acaba por dividir o trabalho com Chavez pois o ajudou em uma treta domiciliar com o filhinho do inspetor que sofria de insônia e pegou a arma do pai e quase cometeu uma tragédia no quarto do casal.




Assim, os dois se tornaram amigos e Ganso seria usado como isca para tentar pegar o provável assassino do ricaço.




Eles suspeitam de Kevin ( Carlos Casella ) , o último homem que entrou em contato com o morto e que desfilava de conversível , ia a corridas de cavalos, frequentava altas festas e sentiu-se atraído pelo jovem policial.




O caso ia bem , com encontros e até cenas mais fortes, quando Chaves, um homem casado e machista, acabou por conflitar-se, já que estava com ciúmes de Ganso.




O filme leva o suspense até o final com esse possível triângulo, ou quarteto, já que Ganso também estava prestes a se casar com sua noiva na periferia de Buenos Aires.


Boas cenas, surpresas , mortes e a malandragem cá como lá imperando mais uma vez.




Um bom filme by Netflix.


Eu recomendo !

"Ao Cair da Noite" OU Como se Defender de Uma Ameaça





Resolvi assistir a esse filme, após uma excelente crítica em um blog de cinema respeitado.


Como era um by Netflix, fui lá e play !


"Ao Cair da Noite, do diretor Trey Edwards Sholts , fala de uma família que vive enclausurada em uma casa na floresta .





Uma possível epidemia de um vírus estava assolando a todos e agora, o vovô , que morava na casa era o próximo.


Assim, Paul ( Joel Edgenton), sua mulher  Sarah ( Carmen Ejogo) e seu filho Travis ( Kelvin Hanson) estão todos paramentados, com máscara , comida racionada e todo o cuidado possível para não serem atingidos.




A primeira cena é o sacrifício do avô todo infectado e doente, depois o cachorro dele, que também ficou enfermo.




Num certo momento, a casa é invadida por um homem jovem , Will (Christopher Abbott), que diz apenas estar buscando água e mantimentos para sua família.




Feito um acordo com Paul, o mesmo busca sua mulher Kim ( Riley Keough) e seu filho Andrew ( Griffin Robert Faukner) para habitarem a mesma casa .


Chegando lá, é feito um acordo para ocuparem 2 espaços diferentes e mantimentos e água separados.




Mas, algo de diferente começa a acontecer e essa relação vai por água abaixo.




Filme que trabalha com o medo do homem , suas implicações , individualidades e proteção aos seus entes queridos.




Valeu a pena !


Eu recomendo !

"Um Filme Sérvio" OU Nunca Assistam Esse Filme !!!






Há muito tempo tinha esse filme guardado em meus arquivos e resolvi assisti-lo num sábado pela madrugada.


Trata-se de "Um Filme Sérvio " do diretor Srdjan Spasojevic, que foi censurado no Brasil quando de seu lançamento.




Bem, trata-se de um ator pornô famoso no país, que agora se casou , tem um filho, que é sonâmbulo e está bem com sua família.




Srdan Todorovic ( Milos), o famoso ator, recebe uma proposta de uma amiga de trabalho, e vai ver do que se trata.




O local de encontro com o diretor Vukmir ( Sergev Trifunovic) é bem suntuoso e a quantia oferecida pelo trabalho é bem atrativa. Tem um só problema : Teria que assinar o contrato sem saber do que se trata o filme e o que ele faria.




De qualquer forma, conversou com sua mulher Marja ( Jelena Gaurilovic) e topou a parada.


Milos só não sabia que teria crianças nas filmagens, sexo doentio, perturbações , estupro, incesto e ele ficaria completamente maluco com tudo isso pouco a pouco não conseguindo sair fora do negócio por causa da máfia que ele assinou o contrato.




Tive que colocar os 2 pés e as mãos para não ver algumas cenas de tão fortes e absurdas . Nunca tinha visto isso .




Assim, não vou alongar muito e apenas digo para quem não está acostumado não ver o filme .




Para os curiosos, acho que também não acrescenta nada , mas, é uma opção.



"Corpo E Alma " OU Filme Húngaro Ganhador do Urso de Ouro de Berlim



Assisti ao filme Húngaro que concorreu ao Melhor Filme de Língua Estrangeira no Oscar 2018, " Corpo e Alma", do diretor Ildko Enyed.


O filme que se passa em Budapeste, precisamente em um matadouro com uma ótima infra estrutura, tem como personagens principais Endre ( Géza Morcsanyi), o diretor financeiro  sério, que sempre está de olho nos fatos da empresa, apesar de não se misturar muito com a ala de funcionários e Mária ( Alexandra Borbély), a séria e sisuda inspetora de qualidade, que não se mistura com ninguém, senta sozinha para comer, você quase não ouve a voz dela , enfim ...




Os dois têm algo em comum : Sonham a mesma coisa durante a noite - Um casal de veados numa floresta coberta de neve que estão apaixonados um pelo outro.




O porquê desse fato ? É que uma psicóloga estava fazendo um trabalho de reconhecimento e diagnóstico dos funcionários do matadouro por causa de probleminhas internos e nas entrevistas individuais chamou a atenção que 2 dos funcionários relataram o mesmo sonho.


O sonho foi uma pergunta da psicóloga para todos . Inclusive ela achou que eles teriam combinado responderem a mesma coisa, fazendo chacota da entrevista.




O pior é que não, e isso os intrigava, fazendo que uma aproximação acontecesse, mesmo que timidamente , tirando um pouco os dois das suas zonas de conforto.


O problema é que Mária é bem mais resistente do que Endre e as consequências desse relacionamento foram catastróficas inicialmente para a mulher.




Na verdade, em meio a matança de animais , o diretor húngaro quis retratar o amor , numa forma não muito usual , mas, amor .


Gostei muito da forma lenta da filmagem , dos dois personagens, do comportamento, claro dos mesmos , assim como do entorno ( colegas de trabalho) e fazer uma analogia com o processo de trabalho de todos nós.




O amor ? cada um tem a sua forma de amar, né ...




Valeu a pena !


Eu recomendo !