domingo, 8 de setembro de 2013

"Maysa Matarazzo " OU Seus Poemas ...


Maysa não foi só uma grande cantora , deixou uma grande quantidade de palavras que falavam de amor, dor, desilusão, felicidade , raiva, paixão , todas carregadas de muito sentimento , coisas da alma mesmo .

E é um pouco dessas palavras, poemas , trechos de alguns deles , que li e resolvi postar para não mais esquecê-los .

" Sinto em mim
  Um vazio profundo
  Desamor pelo mundo.
  Sinto falta de mim . "




" Hoje ganhei flor.
  De quem não sei ainda.
  Sinceramente, prefiro não saber.

  Foi tão bonito.
  Foi tão diferente,
  Não tendo nome
  Não sei quem é .

  E imagino que seja você,
  O meu único " ser feliz ".
  Se foi você, amor,
  Obrigada pela lembrança . Se não foi,
  Obrigada pela esperança, pela ilusão."


" Estou confusa outra vez.
  Já não sei o que fazer de mim .
  Já não sei nem mais o que sou.
  Se sou alguém . Se sou ninguém.
  Estou vivendo de esperar .
  por qualquer coisa que não vem .
  Não adianta mais chorar,
  Bater pé , nem querer bem .
  Sigo vivendo de esperar . "



" Sei que o sol
  Vai nascer algum dia pra mim
  E todo esse mal
  Vai deixar-me enfim ."



" Quero voltar!
  Desta vez pra ficar,
  Eu não posso mais...
  Eu já não sei mais
  Me esconder de minhas mágoas
  Me mentir nas madrugadas...
  Eu só quero tuas manhãs...
  Eu só quero o teu riso...
  Eu preciso de minha infância...
  Só você pode me dar.
  Eu preciso de ir sempre... de ir sempre ...
  Sem saber de onde ...
  Me leva ... Me leva...
  Vai ser tão bom chegar tanto
  Nesse mar que é meu
  Para esse olhar que é teu
  E vai voltar para mim ! "



" E foi quando, morrendo pouco a pouco .
  Mais uma vez encontrei a solidão .
  Disse morrer nos meus versos, perguntando.
  Eu não sabia que morrer é o final.

  E foi então, onde aprendi dimensões
  E risquei meus mundos pequeninos,
  Porque sei o compasso que me dou.
  Não peço muito. Só peço o meu tamanho
  E o porquê dessa enorme solidão. "


" Buscai-me nessa estrada
  Que por fim encontro.
  Cheia de certezas,
  De olhares calmos
  Cheios de beleza
  Que já compreendi,
  Não me importa o passado
  Em que assustada,
  Me escondi nas dores,
  Esquecendo amores
  Que eram o começo
  Dessa longa ida
  Pra não mais voltar.

  Vem que eu tenho tantos passos
  Para um amor inteiro,
  Em que todos os dias
  Serão os primeiros. "


E tem muito mais de Maysa ...

Que bom , podermos contar com palavras, fotos e lembranças de quem já foi  e será sempre grande !


Um beijo pra você , Maysa !






2 comentários:

  1. Sinceramente demais. Eu sou um grande fã dela.
    Grato por ler esses poemas, já conhecia alguns.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  2. Que legal Kaka , um grande abraço !

    ResponderExcluir