terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

"Parque Estadual da Serra de Caldas Novas " Ou Ecoturismo no Cerrado


Fui conhecer o Parque Estadual da Serra de caldas Novas, o PESCAN , que está localizado entre os municípios de Caldas Novas e Rio Quente .


Criado em 1977, só foi estruturado para visita em 1999, para recarga do lençol termal da região .


O Parque oferece 2 trilhas  que terminam em uma cachoeira .


Uma é a Cascatinha e a outra , o Paredão , a mais ou menos 1043 m de altitude.


Em uma das trilhas podemos encontrar árvores típicas da região , como a de Piqui .


E às vezes, encontramos também um belo exemplo de uma  taturana ...


Assim, é um passeio para  toda  a família e bem tranquilo de ser realizado .


Eu recomendo !

"Não Se Preocupe, Nada Vai Dar Certo ! " Ou Uma "Cagada "


Filme de Hugo Carvana , "Não Se Preocupe, Nada Vai dar Certo ! " , começa bem sem graça , sem entreter , até pensei em não assisti-lo mais , mas ,depois de uns 30 minutos, o filme dá uma guinada , com um novo acontecimento , e fica simpático até o final.


Então , o filme  fala da história de pai e filho , viajando pelo Brasil , com um show de piadas , os dois são atores , mas preferem viajar pelo interior  a ficarem fixo em uma cidade.


O pai , Ramon Velasco , (Tarcísio Meira ), está sempre aprontando , sempre querendo tirar vantagens , e no final só faz "cagada" , como ele mesmo diz. O sonho dele é sempre estar com o filho e juntos fazerem um grande espetáculo. Mas, em um momento , o filho , inesperadamente, tem uma proposta de 100 mil dólares para interpretar um guru indiano que viria ao Brasil para fazer palestras motivacionais em um grupo , mas não pôde vir por motivos pessoais . Lalau Velasco , o filho (Gregório Duvivier)  , aceita então o desafio de ficar por 2 semanas interpretando o indiano. Assim, pega suas coisas e parte para o Rio de Janeiro para o evento e o trabalho de ator.


No começo, tudo vai bem , mas , depois de Carol ( Ângela Vieira ) , se engraçar para o lado do guru e pedir que ele vá à sua casa , tudo pode mudar .


Lembrando que o pai, Ramon Velasco , não quer ficar sem o filho momento algum e parte para encontrá-lo .
As cenas são realmente hilárias e o filme ganha muito na invenção desses personagens pelos atores .


Herson Capri , Flávia Alessandra e Mariana Rios  também estão no filme, além de Hugo Carvana .
A trilha sonora é muito gostosa e tem a assinatura de Edu Lobo.


Destaque para a perua combi toda colorida do pai e do filho e o traje indiano do guru e a roupa do comendador .


Você pode assistir o filme, mas , não se preocupe, nada vai dar certo !


"Não Se Preocupe, Nada Vai Dar Certo ! " - Hugo Carvana

"Capitães da Areia " Ou O Romance de Pedro Bala e Dora


Da obra de Jorge Amado e com a direção de Cecília Amado , " Capitães da Areia " nem parece uma história ambientada na Bahia dos anos 30 e sim, do Brasil de hoje.


 O filme , assim como seu enredo é bem atual . Basicamente , trata- se da história de um bando de meninos desamparado pelos pais e que vivem juntos em  um velho trapiche de Salvador  , praticando roubos principalmente, para sobreviverem da fome e da miséria .


O filme tem todo aquele sotaque soteropolitano , além de imagens de santos, oferendas, as baianas, os veleiros e embarcações, o mar, as baianas , o candomblé, a pomba branca , a capoeira e  uma Salvador  que vivia o péssimo momento da bexiga ou varíola , onde várias pessoas morriam da doença naquela época .


Os "Capitães " tinham um time bem diversificado, pois cada um tinha o seu perfil e a sua personalidade .
O " Gato " , era ligado às prostitutas, e apaixonado especificamente por uma delas : Dalva . Era o malandro perfeito , com chapéu e tudo .
O " Professor " buscava os livros, e através deles , tentava dar um pouco de informação e cultura aos amigos, além de planejar as estratégias .
O " Pedro Bala " era o chefe , aquele que arquitetava mesmo os roubos , era dele de quem mais se esperava , o grande lutador dos oprimidos .


O " Boa Vida " era o que tinha o humor nas veias , e sobretudo aquele que gostava das músicas .
O " Sem Pernas " , ´que assim ficou por causa de tanto apanhar, é o mais revoltado de todos , perdendo toda a ilusão da vida .
O " Pirulito" é aquele que ainda reza , e busca a religiosidade .
"Dora " , depois de perder a Mãe com varíola , entra no trapiche juntamente com seu irmão menor " Zé Fuinha " e aprende tudo o que os menores já sabem , além de ajudar no trato dos mesmos .


Voltando ao enredo , temas com o cigarro , as drogas , a bebida , os roubos e o sexo são constante na trama que acaba  por unir o chefão da turma com a única mulher do bando .


Destaque para as cenas de oferendas , a cena do carrossel e a cena final .


A trilha sonora fica por conta do excelente  Carlinhos Brown , mas , ouve-se também vozes de Arnaldo Antunes e Marisa Monte .


Dessa forma, valeu a pena assistir a um clássico da literatura brasileira , na telinha , para poder assim , aprender um pouquinho mais sobre a história de Pedro Bala e Dora e dos " CAPITÃES DA AREIA " .


" Capitães da Areia " - Cecília Amado "

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

"Catedral da Antuérpia " Ou Onze-Lieve-Vrouwekathedraal


Um dos primeiros lugares que fui quando cheguei à Antuérpia, foi à sua catedral . A catedral da Antuérpia é a maior igreja gótica dos Países baixos. Levou 170 anos para ser construída e não ficou completa.


Arrasada por incêndios e pelos vândalos nos séculos 16 e 17, ainda abriga tesouros importantes, entre os quais, 2 magníficos trípticos de Rubens  ( A Elevação da Cruz  e A Descida da Cruz ).




Destaque também para o púlpito de carvalho com entalhes complexos (difusão da fé nos quatro continentes - um festival de aves, árvores, feixes têxteis, anjos, santos e figuras simbólicas ).


Os vitrais também se destacam nessa imensa catedral , sendo que boa parte resistiram até os dias de hoje.


O órgão Schyven, ocupa uma magnífica caixa do século 17 , criada por três grandes escultores da época.


Assim, quando estiver em Antuérpia, não deixe de visitar essa imponente catedral  e ver de perto duas importantes obras de Rubens , um dos maiores pintores Belgas.

"Jardim Japonês " Ou Um Pouquinho da Cultura Asiática

Sempre que vou a um Jardim Japonês , vejo quase sempre os mesmos elementos, mas, nunca tive a oportunidade de entendê-los . Dessa vez, um guia nos deu uma breve orientação do que cada parte significava .
Na cultura oriental, o jardim é usado como espaço de reflexão para se alcançar o equilíbrio interior .


Aqui , podemos ver o Torii , ou Portal de Entrada , que assinala a entrada ou proximidade de um santuário .Nesse portal, podemos ver em uma lateral , um dragão , que na mitologia japonesa, significa sabedoria.



Aqui, a representação de uma tamareira , que significa  os amigos


E os cactos que representam os inimigos disfarçados .


Há o chafariz da tartaruga que representa longevidade e tranquilidade.


Como elemento encontrado em quase todos os jardins, há a ponte que aqui significa a paz.

Existem as luminárias , com o significado de iluminar a mente de quem percorre o jardim ,com uma forma constituída por um telhado grande, um compartimento e as  pernas.



Há também o caminho do livre arbítrio , que te indica o lado certo e o outro lado


Aqui, a representação de um banquete , com uma mesa e suas cadeiras


E a cascata de pedras,  que significa a continuidade da vida , onde o seu fluxo significa nascimento, crescimento e a morte.


Se alguém quiser dar alguma contribuição com os significados e a simbologia de um jardim japonês, eu agradeço.

sábado, 25 de fevereiro de 2012

"O Cheiro do Ralo" Ou Bundas , Odores e Coisas Antigas


Outra surpresa foi o formato feito por Heitor Dhalia, diretor do filme " O Cheiro Do Ralo " , que com um cenário super simples , composto apenas por um depósito velho onde ficava a loja de Lourenço , interpretado por Selton Mello , o apartamento de Lourenço , onde passava seus dias sozinho e  no início do filme com sua noiva ( Fabiana Guglielmetti) , a lanchonete onde conheceu a garçonete (Paula Braun ) e a rua em frente ao seu estabelecimento , além da sala externa onde ficavam a sua secretária ( Martha Meola )   e o segurança ( Lourenço Mutarelli ).


 O filme se passa basicamente dentro da sala de Lourenço , na sua loja que compra objetos usados .


 Assim, é um entra e sai de pessoas desesperadas por venderem seus objetos pessoais e até a alma porque não, em troca de uma miséria oferecida sempre pelo frio e sarcástico Lourenço.


Lourenço é aquele homem que assume não gostar de ninguém , e nem de si mesmo, motivo esse que o fez desistir do casamento marcado , onde  os convites já estavam até prontos na gráfica . Não gostava de sua Mãe , tinha ódio do Pai , que nem conheceu  e zombava das pessoas que lá iam em sua loja para vender seus objetos .


Mas uma coisa ele gostava : De bundas ...Ah..isso ele dava todo o seu dinheiro para apenas  ver . E foi em uma dessas situações que até teve que se explicar para a polícia . Mas, no mínimo viu umas 3 bundas no seu negócio , até a da viciada , que parecia um cadáver , de tão seca e magra .


O outro detalhe muito importante era o cheiro do ralo que havia na sala , ou melhor , no banheiro que Lourenço usava e que o cheiro exalava por todo o ambiente, fato esse que o fazia explicar a todos que lá entravam o porquê do odor .


Ele fazia uma relação do cheiro com o demônio, com coisas podres , e porque não com a própria vida .


A atuação de Selton Mello , que faz o filme praticamente sozinho é notória , mas , não podemos esquecer mais uma vez de"Sílvia Lourenço" , que faz o papel da viciada e dá um show de interpretação .


Outro grande destaque é a trilha sonora , destinada a Apollo Nove que dá ao filme uma grande contribuição .
Assim, que não viu " O Cheiro Do Ralo " , deve assistir a esse filme que além de um bom enredo, tem toques de  humor negro , de odores  e de bundas ...


E  você , alguma vez já sentiu o cheiro do ralo ?


" O Cheiro do Ralo " - Heitor Dhalia