sábado, 11 de dezembro de 2010

"Schumann " ou Loucura, fobia, angústia e pânico pela consciência da perda de razão





Esse ano , comemora-se o Bicentenário do compositor e pianista alemão Robert Alexander Schumann , nascido em junho de 1810. Admirador  de Nicoló Paganini e Franz Liszt , aos 22 anos, em 1832, ele teve a estranha idéia de tornar independente os movimentos do quarto dedo e ampliar o alcance da mão . Inventou e construiu uma estrovenga de madeira que o fazia trabalhar com o dedo anular preso e os demais esticados. Como consequência, deslocou e anquilosou dois dedos da mão direita. Essa catástrofe foi uma espécie de prenúncio de seu transtorno mental que se revelaria posteriormente mais intenso, provavelmente de origem heredofamiliar( a Mãe anormalmente sensível e a irmã suicida). Quando parecia ter superado o problema das mãos, começou com desmaios, crises convulsivas ,episódios de angústia e pânico. Tinha fobia por lugares altos e às facas. Em 1840, casou-se com Clara, pianista também.Teve uma fase  pré nupcial  conturbada pois o Pai de Clara era contra o casamento . Alternava momentos de abatimento com os de excitação. Nos anos seguintes, eclodiram as fobias, angústias e pânico pela consciencia da perda de razão. Surgiram impressões melancólicas , os temores e os sons alucinatórios. Pediu a sua esposa que o abandonasse, temendo perder o controle a agredi-la. Uma semana depois do pedido , saiu de casa e atirou-se no Reno, sendo salvo por pescadores. Foi internado no manicômio próximo à  Bonn e 2 anos depois faleceu na própria instituição. Cinco  dias antes da morte como se estivesse iluminado por um raio de lucidez , reconheceu Clara e abraçou- a , dizendo : " Não trocaria esse abraço por todos os tesouros do mundo ".


Robert Schumann - 3 Romanzen Op. 94 - Einfach, innig (2) by Francesca Canali

Um comentário:

  1. Que canção deliciosa... como é bom ouvi-la. Linda. Amei.

    ResponderExcluir